Adoração ao Santíssimo Sacramento

"A adoração é um ato fundamental do homem, ato que exprime a sua liberdade. O homem livre adora! Na Eucaristia Cristo está presente entre nós. Sua presença é uma presença dinâmica, que nos faz assemelhar a Ele. Quem se coloca em adoração, face a face com Jesus Sacramentado, deixa-se plasmar por Ele".

                                                                                                                                             (Santa Gertrudes Comensoli)

O culto, e mais precisamente, a adoração da Eucaristia fora da Missa é um fruto relativamente recente da piedade cristã. Começou a desenvolver no ocidente, a partir do século XI, como reação à heresia de Berengário de Tours que negava justamente a presença "real" e admitia somente uma presença simbólica de Jesus na Eucaristia. A partir daí não houve jamais um santo na Igreja, em cuja vida não se note um influxo determinante de piedade eucarística, além daqueles(as) que tiveram uma espiritualidade específica e profundamente eucarístico-contemplativa.

A adoração tem como fundamento a razão de ser Presença. Adorar é crer nesta presença, é se comunicar com Ele. E foi por isto que Madre Gertrudes, fundou uma congregação cujo carisma é Adorar Jesus Presente na Eucaristia. Pois na metade do século XIX a Igreja vivia em plena ordem do jansenismo, e Madre Gertrudes sentindo a necessidade de ter um grupo de pessoas que amassem Jesus presente na Eucaristia. 

Hoje como no tempo de Madre Gertrudes, nós Irmãs Sacramentinas respondendo o chamado de Madre Gertrudes, fazemos a adoração perpétua, ou seja, sem interrupção durante as 24 horas do dia. Aqui no Brasil este quadro de perpetuidade é feito das 14h às 22h, as outras horas foram assumidas nos outros países onde estão presentes nossas Irmãs. 

Aqui em Belo Horizonte, temos na sede da Congregação a Igreja da adoração que foi inaugurada no ano de 1982, ano no qual se celebrava o centenário de fundação da Congregação das Irmãs Sacramentinas de Bérgamo, a Igreja é aberta para as pessoas que desejam passar alguns momentos do seu dia em oração, porém Jesus permanece exposto das 13h às 18h. 

Na Itália, em Casa Mãe, berço em que nasceu a nossa congregação, a Igreja da adoração foi fundada no ano de 1886, onde Jesus permanece exposto o dia inteiro para adoração e é aberto também para as pessoas que desejam fazer o seu momento de oração.

Para que possamos outrossim nós, ao longo do nosso dia, encontrar momentos de silêncio e solidão para falar com Aquele que nos ama e continua sempre com os braços abertos à nossa espera.

Boletim Informativo

Cadastre-se em nossa lista de emails e receba todas as notícias e nosso boletim informativo diretamente em seu email.

Desenvolvimento: Verbete Comunicação Digital